Archive

Archive for agosto \17\UTC 2010

Por que as pessoas odeiam a Microsoft?

Olá! Faz muito tempo que não posto no blog, e resolvi fazer uma tradução de um texto muito interessante, do Windows Watch, que pode ser lido em inglês aqui.

O autor tenta descobrir o porquê de as pessoas odiarem a Microsoft, mas nao consegue (visto que os erros cometidos pela Microsoft também são cometidos por outras empresas de grande porte que as pessoas não têm nada contra – e muitas vezes aaté gostam das mesmas).

Ok… Enjoy!

Por que as pessoas odeiam a Microsoft?(Why do people hate Microsoft?)

As notícias recentes de que a Microsoft compraria a Yahoo! não soou bem, particularmente entre os membros do serviço de compartilhamento de imagens Flick, do Yahoo! – Incluindo Giles Bowkett, que postou a imagem mostrada aqui (sob licensa Creative Commons – clique na imagem para vê-la na sua página.

Essa reação não é particularmente surpreendente – houveram até protestantes quando o Flickr, originalmente desenvolvido por uma empresa canadense chamada Ludicorp, foi comprado pela Yahoo!. Mas agora é um pouco diferente: ao invés de uma grande empresa comprando um pequeno negócio, agora temos a Microsoft, uma grande empresa, comprando outra. Então, qual o problema?

Em parte, acredito que isso é simplesmente porque as pessoas odeiam a Microsoft. Mas por quê?

Para algumas pessoas – incluindo aí alguns comentaristas do Windows Watch -, a Microsoft representa tudo o que é mau e errado no mundo. Para alguns, isso pode ser um simples exemplo de anti-capitalismo – a Microsoft é uma grande companhia que faz muito dinheiro, então se você odeia a idéia de empresas fazendo dinheiro, ela é um alvo óbvio. Mas aí muitas pessoas que odeiam a Microsoft também amam a Apple – que é, claro, uma grande companhia que faz toneladas de dinheiro. E mais, é decerto que tem mais pessoas que odeiam a Microsoft por aí do que fanáticos por Linux que nunca bebem Coca-Cola. Tais pessoas devem estar perfeitamente felizes com outras grandes corporações – só não com a Microsoft.

Eu diria que razão para o descontentamento de tanta gente com a Microsoft é simples: eles gostam de ter algo para odiar, e uma imensa corporação é um dos melhores alvos. Também, descontar a sua raiva numa pessoa que mora ao lado pode ter conseqüências imprevisíveis e desagradáveis, mas criticar horrivelmente o Word 2007 já é mais “seguro”(pelomenos até que a Microsoft construa um sistema de reconhecimento de voz e construa um assistente do Office que aja de acordo com o que ele recebe). E mais, odiar a Microsoft é popular, e todo mundo adora pular numa oportunidade dessas.

Com isso em mente, eu tentei elaborar uma lista de genuínas razões percebíveis para odiar, ou ao menos desgostar, da Microsoft. São elas:

  1. Comportamento anti-competitivo, como mostrado pelo processo legal de longa data da União Européia.
  2. Alguns web browsers horríveis, que geralmente falhavam em renderizar quase tudo corretamente. Deveria notar-se porém que o IE7, embora não perfeito, é uma grande melhoria.
  3. Comportamento anti-competitivo, realçado pelo processo legal de longa data da UE
  4. Alguns web browsers muito ruins, que geralmente falhavam em renderizar quase tudo corretamente, mas que acabaram com o Netscape. Deveria notar-se que, embora não perfeito, o IE7 apresenta enormes melhorias.
  5. Vários furos na segurança, embora a maioria seja corrigida (se eles são ou não corrigidos a tempo é um argumento pra um outro dia.)
  6. DRM. A Microsoft faz, e algumas pessoas odeiam – mas, é claro, a Apple desenvolve e vende DRM também, então qualquer um que compre produtos da Apple não pode atacar isso.
  7. O Escritório Reno da Microsoft (pelomenos se você for um cidadão americano que paga impostos
  8. ActiveX em geral
  9. Embrace, Extend and Extinguish
  10. Aquele video de Steve Ballmer(clique aqui, se quiser)

E, é isso! Agora, muitos desses motivos são chatos, alguns desconcertantes, mas nenhum desses me pareceu significantemente pior do que o comportamento de outras empresas de tamanho similar. E, se no capitalismo ocorre o mercado livre (assumirei que a maioria aqui não concordará, mas provem-me o contrário, colegas), então uma companhia produzindo o melhor produto em seu campo, e então se tornando altamente rica, é certamente a conclusão lógica desse sistema, e não um tipo de aberração. E mais: não percebe-se que a Microsoft vive dando montes de dinheiro para ouros.

E, no mais, ainda não estou convencido. Continuarei a usar Windows XP e Word quase todo dia, embora sempre que possível procurarei outras alternativas, seja o iPod(se você optar por não comprar música com DRM, o Classic é um player fantástico), telefones Nokia com Symbian (melhor que Windows Mobile em todos os sentidos, em minha opinião) ou Firefox e Thunderbird. Mas, você pode me convencer: esqueci algo na lista? Se sim, digam nos comentários.

É isso! Assim que possível voltarei com um post de minha autoria. Basta eu arrumar um tempo e escolher um dos assuntos interessantes que tenho no meu “acervo”.

…Até mais!

%d blogueiros gostam disto: